25.1.12

Depois do DinoQuico dediquei-me ao ET-Lado em versão papajama. Mede aproximadamente 50 X 30 cm e tem uma abertura lateral (ver 2ª foto) para colocar o pijama. A partir de agora, pequenada, já têm mais uma forma engraçada de arrumar o vosso pijama.

Aqui na versão para menino e em baixo para menina.

Nesta última foto, ET-Lados e ETrêsOlhos, papajamas e porta-chaves coabitando pacificamente, lado a lado.

 


13.1.12

A minha última reciclagem ao estilo de "saco velho, vira novo" foi alvo de destaque no Retrozão.

Afinal, este é mesmo um dia de sorte!

 

link do postPor ninices, às 18:23  comentar

Sabem aqueles sacos de pano que são oferecidos numa altura específica - feiras, livrarias, visita de estudo, exposições - e que, na altura, até são muito giros e nós até nos sentimos especiais porque nem todos têm? [Aposto que têm um para aí completamente desaproveitado]

Aquando da inauguração desta loja-de-livros-CD's-DVD's-etc-que-começa-por-F-termina-em-C-e-tem-as-letras-N-e-A-pelo-meio deram este saco na compra de um livro e, na altura, insisti para ser eu a levá-lo enquanto dava uma voltinha pelo shopping. Mas agora vejo que é p'ró feio apesar do tamanho do saco ser jeitoso.

 

"Então o que é que falta...?", pensei eu.

"Acho que isto só vai lá com uma... EXTREME MAKOVER!"

E foi isso que fiz. Mais uma vez, arregacei as mangas, pus o meu chapéu pensador e abri as janelas para o ar fresco me refrescar as ideias!

[Assim até dava uma cena para um filme, mas a verdade é que estava um frio de rachar e tive que calçar mais um par de meias e enrolar o xaile à volta do pescoço]

Escolhi os tecidos, conjuguei as fitas gregas/sianinhas/espiguilhas e até fiz um forro, tornando o saco reversível e foi assim que ficou:

Esta é a parte que tapou o logotipo da loja e onde "chapei" um bolso.

E este é o lado do forro que também se pode tornar o exterior do saco.

Para além disto, acrescentei ainda reforços reversíveis para as alças e ornamentei com um coração de veludo (que fiz há uns anos atrás).

Então, gostam...? Querem um também...? Então toca a mandar mailitos a referir as vossas preferências.

 


Ontem participei num workshop na Loja Ponto Já da Covilhã onde aprendi a fazer cestinhos de crochet promovido por Beatriz Fernandes.

Apesar de não trabalhar habitualmente com linhas e agulhas tão finas decidi ir para ver "como era o ambiente" e considero ter sido muito positivo. Conheci pessoas novas, jovens de espírito (até uma menina com 81 anos!), interessantes e com vontede de aprender.

Troquei contactos [brevemente teremos mais clientes assiduos no Ninices], falei sobre os trabalhos que faço com muito carinho e dedicação, ouvi sobre os projectos das outras colegas - a Dulce, por exemplo, dedica parte do seu tempo aos Trapos e Dedais - e sobre a vontade de promover este tipo de acções no Fundão como forma de incentivo à actividade física (obrigando as pessoas a levantarem-se do sofá), intelectual e ao convívio saudável entre gerações.

Ainda a propósito do que lá aprendi, queria apenas referir que não terminei o meu cestinho mas apresentá-lo-hei assim que estiver pronto.

Em resumo, foi um dia bem passado!

 

link do postPor ninices, às 10:35  comentar

9.1.12

 

link do postPor ninices, às 10:32  comentar

4.1.12

Ano novo, novos projectos, novos incentivos! Este é o lema pelo qual o Ninices se quer reger.

Crise...? Dificuldades...? Este país não é para velhos (de espírito), por isso, temos que trabalhar para o mesmo saco, com mais afinco e orgulho para vencer a inércia que se apoderou das engrenagens.

Neste sentido, e graças à disponibilidade da pintora e amiga Isabel, o Ninices terá a partir de agora um espaço para exposição dos seus projectos no seu Atelier de Pintura situado na rua Jornal do Fundão, na terra da cereja.

 

O objectivo principal é dinamizar o espaço ali existente, actualmente virado apenas para a pintura, e conjugar os diversos tipos de arte.

Por isso, quando por lá passarem não se esqueçam de ver e apreciar o que por lá se faz, que se quer partilhar e que orgulhosamente se rotula de Arte Made in Portugal.

Nesta foto, para além das já vossas conhecidas árvores de Natal (de lã) está exposto um presépio em lã feltrada feita para a ocasião pela menina Graça, minha mãe.

 


link do postPor ninices, às 10:55  comentar

 

     

   

 

Grupos do Google
SEJA O PRIMEIRO A SABER
E-mail:
Visitar este grupo
comentários recentes
Olá Jana. A argola metálica do chaveiro entra na ...
Só não entendi como é que funciona o porta-chaves....
Obrigada Vanessa!Beijinhos e até 3ª! :D
Espetacular!Como sempre!
Obrigada pelo incentivo Rosa!Para a semana (sem fa...
Não tens de agradecer! Continua com as tuas ideias...
Sofia,De facto, quando idealizamos uma peça e depo...
Olá, estava a dar uma vista de olhos com mais calm...
Tu e o rosa... O Helder sabe disso...? hehehe!A pe...
Hello!Gosto.Sabes que eu e o rosa...A peruca vem i...
subscrever feeds