5.5.13

Dizia-me uma amiga que, produzindo assim em série, os artigo perdiam o valor artesanal. De facto, uma das mais valias do "feito à mão" é a diferença: cada peça é única e não se consegue criar outra igual.

Neste projecto específico, o trabalho foi mesmo em série: talhar tecido todo; juntar o tecido exterior ao forro; alinhavar; coser à máquina; fazer a "virola" com o forro; fazer "guias" para a fita; colocar fitas; coser etiquetas. Isto 70 vezes! Mas o mais interessante é que consegui, mesmo assim, criar 70 sacos diferentes com 4 cores de forro, 4 cores de fita, etiquetas cosidas com linhas de cor diferente e padrão do tecido enquadrado com "dizeres" diferentes.

O resultado foi este e já foi entregue! 

 

 

 

 

 

Venham daí mais projectos que estou cá para os pôr em prática!

 


25.3.13

Eu sou daquele tipo de pessoas que quando gosta muito de uma peça de roupa não consegue desfazer-se dela. Felizmente percebi que posso usar essas peças mesmo quando deixam de servir. Não faz muito sentido? Ora vejam!

 

 

Este é o primeiro exemplo: eu adorava esta t-shirt mas já tem uns anos e, nessa altura, fazia mais sentido. Agora, não vejo necessidade de toda a gente saber que gosto de chocolate. Não desta forma! Por isso - e também porque não seria encorajador levá-la para o ginásio-, decidi reconvertê-la e usá-la como um saco. Ficou giríssimo e ainda consegui fazer uma pompom que parece lascas de chocolate! Hummmm... chocolate....

 

 

Esta outra reconversão foi com uma camisola do meu miudo (o mais novo!): é fofa, estava em perfeito estado, com cores super alegres mas deixou de servir. Daqui, consegui transformá-la numa mochila aproveitando ao máximo a sua forma: as mangas passaram a ser as alças, fechei o fundo e acrescentei velcro na gola para conseguir fechar completamente a abertura. Pronto! Uma mochila de inverno tão simples de fazer e muito prática!

 

Têm alguma peça de roupa de que gostem muito? Querem dar-lhe uma nova vida? Perguntem-me como!

 

 

link do postPor ninices, às 12:14  comentar

25.9.12

Tal como prometi alguns posts atrás, aqui fica o meu último projecto para a estação Outono/Inverno 2012. Tendo por base o tartan - tecido quadriculado -, do qual sempre fui fã, pesquisei, pensei e executei uma carteira inspirada nos kilts escoceses.

 

O indispensável plissado dá uma forma bem feminina à peça tornando, inclusivamente, a silhueta da mulher mais esbelta;

o formato inspirado na bolsa que os escoceses trazem à cintura, chamada “sporran", e que tem a mesma utilidade de um bolso [Não se preocupem! A carteira é bem maior e dá para levar imensa coisa!] ;

a alça - castanha ou preta - com peças em madeira inspirada na gaita-de-foles;

o alfinete, item intimamente ligado ao kilt feminino e que (quase) todas usámos na nossa infância;

e a pequena bolsa com um pompom simbolizando a boina escocesa complementam-se na perfeição e resultam numa carteira simples mas original e altamente personalizável. 

Para além destes pormenores  acrescentei um outro, numa vertente mais simbólica, que considero também importante (porque é nos detalhes que está a diferença): o forro vermelho transmite a paixão pela vida e beleza que cada mulher erradia como se deslizasse numa passadeira vermelha. 


Carteira em tecido de xadrez Tartan


Carteira em tecido de xadrez Príncipe de Gales



Carteira em tecido de xadrez Burberry


Estes são apenas três exemplos de como o tecido de xadrez nunca passa de moda e é altamente personalizável devido à imensa variedade de padrões: às vezes é só dar-lhe o toque certo.

 

 

Imaginam agora como ficará este modelo em pied-de-poule



ou em vichy!



E então, já sabem o que o kilt do Ninices tem que os outros não têm...?

 

link do postPor ninices, às 16:25  comentar

22.9.12

Lembram-se deste prejecto que tinha em mãos na altura?

Deixo aqui e agora a foto do projecto já terminado.

 

 

Carteira "Vinyl" [33 cm de diâmetro] em sarja aveludada cor de mostarda e interior em algodão estampado de tons amarelados, rosa e vermelhos.

 

link do postPor ninices, às 10:39  comentar

19.9.12

Têm notado os mais atentos que, nos últimos tempos, tenho "postado" com menos frequência. De facto é verdade. Mas não se deve isso a desleixo ou algo parecido: tenho andado com "trabalhos" em mãos que me deixam menos disponível para fotos e "postagens".

 

 

Este é o resultado de um dos mais recentes projectos: um papajama em forma de flor feito por medida. Ficou muito bonito mas deu mais trabalho do que parece.

Agora, estou a acabar de pôr em prova umas carteiras inspiradas nos kilts escoceses e, assim que terminar, terão mais notícias minhas!

 

 

link do postPor ninices, às 14:22  comentar

8.8.12

Tendo por base o modelo da carteira peek-a-boo, tomei fôlego - sim, porque para um modelo destes é preciso ter todas as funções afinadas! - e de uma acentada executei esta carteira para a amiga Isabel.

 

 

O resultado está à vista (e muito bom por sinal!) e provei, mais uma vez, que um bom jogo de cores e tecidos diferentes dão outra vida a um mesmo modelo.

Gostavam de ter uma assim...? Perguntem-me como!

 

 

link do postPor ninices, às 16:00  comentar

24.7.12

 

Soube a vitória quando a Rosa amavelmente cedeu as suas manequins para expor os meus lenços. E que sítio mais perfeito para o fazer que não num salão de cabeleireiro? 

 

 

Agora, os lenços do Ninices - todas peças únicas - estão è disposição de todos os interessados no salão da Rosa Cabeleireiros, no Fundão.

Diz a Rosa que gosta de desafios, de mudanças e que é nestas relações simbióticas que nos devemos apoiar.

 

 

Obrigada Rosa!

 

 


4.7.12

Agora que o sol e o vento vieram para ficar, é tempo de usar e abusar de um dos meus acessórios preferidos: o lenço.

É prático e bonito, fica bem com qualquer toilette e pode ser usado de 1001 maneiras diferentes.

 

Foto 1 - Lenço triangular elaborado com tafetá (tecido de xadrez) e shantung (tecido de padrão liso).

 

Foto 2 - Lenço triangular em tafetá e debruado a fita de seda.

 

Foto 3 - Lenço triangular feito em seda crepe e debruado a fita de cetim.

 

Foto 3 - Lenço tubular reversível elaborado com seda (tecido estampado) e musseline (tecido de padrão liso).

 

Já tens o teu? Então de que estás à espera para escolher o teu modelo exclusivo?

 

 

 

link do postPor ninices, às 16:59  comentar

26.6.12

 

 

link do postPor ninices, às 10:05  comentar

20.6.12

 

 

link do postPor ninices, às 23:11  comentar

2.6.12

Ora, isto é o que se chama um saco (praticamente) instantâneo: pensado na terça feira, iniciado na quarta e pronto para a sessão fotográfica na quinta. Tal como a Peek-a-Boo, também este saco foi pensado para levar o muito e o pouco. É que com pequenada por perto, acaba por ser sempre a mãe a transportar as "ferramentas de brincadeira".

 

 

O saco completamente esticado mede 45 cm.

 

 

Para além da variação de tamanho, este saco é reversível permitindo o uso dos dois lados.

Para tornar o saco mais pequeno, podemos puxar uma, duas ou as três fitas e, consoante essa escolha, obter formas diferentes.

 

 

 

 

 

 

 


1.6.12

Desde que começou este período mais conturbado na vida dos portugueses, comprar o que é Português passou a ter peso e espaço na hora de escolher. Assim, ao comprar ao nosso vizinho estamos também a fazer o país avançar - porque produz, porque se sente útil, porque vê o trabalho valorizado, porque tem a oportunidade de mostrar que é bom no que faz e porque isso o realiza. E quando andamos felizes fazemos os outros felizes também e a energia positiva ajuda a ver a luz ao fundo do túnel. E é também por isso que gosto de mostrar a todas as pessoas as escolhas dos Amigos do Ninices.

Desta vez chegou o momento de revelar as carteiras que a amiga Isabel escolheu quando passou na "boutique" do Ninices.

 

Esta 1ª carteira foi inspirada num disco de vinil de 12 polegadas e tem as seguintes características: o tecido exterior é sarja azul escura e o interior em algodão "verde pavão"; na parte exterior existem várias pregas que dissimulam um bolso; a estrutura é semi rígida; a alça é peça única e que no fundo se torna mais larga.

 

Esta 2ª carteira é uma adaptação de uma outra criada pelo Ninices em Julho de 2011, sendo a parte exterior nem mais nem menos que um tapete de ourelos. E a ideia é tão genial que até esta cadeia de roupas e acessórios portuguesa decidiu fazer algo idêntico. Digam lá que não é um excelente aproveitamento e que o Ninices não tem ideias fantásticas! 

 

 

Agora, só falta entregar esta 2ª carteira em mão à minha querida amiga que tem sido uma fomentadora assídua das minhas ideias e deste meu projecto.

 

 

 

 

 

link do postPor ninices, às 11:39  comentar

31.5.12

Este é um projecto que já tem algum tempo mas que só recentemente terminei e que conta com várias etapas: 1º - pensar a carteira (ser diferente de outras, quais as suas vantagens, o que é que uma mulher procura quando compra uma carteira); 2º - partir de um mesmo modelo personalizando cada peça com pormenores diferentes; 3º - escolha dos tecidos; 4º - concretização da peça.

Para um mercado em que (quase) tudo já foi inventado é preciso olhar para o que se torna realmente vantajoso numa carteira e qual o(s) factore(s) que leva(m) uma mulher a comprá-la. Para mim, dois desses factores são a versatilidade e a personalização tornando-a apropriada para diferentes ocasiões e simultaneamente uma peça única que não vou encontrar em mais lada nenhum. Assim, posso afirmar que o tamanho conta e conta muito!

 

"E se eu conseguisse que uma carteira se tornasse maior ou mais pequena em função das circunstâncias?

Como...? Com fecho...? Já visto.

Com laços...? E porque não..?

E com botões...? A solução perfeita!" 

 

As questões eram muitas (e os pormenores, esses nem se fala!) mas o difícil foi mesmo pensar nas etapas da execussão. 

Bem, sem mais conversa passemos à descrição da carteira peek-a-boo:

  • tem uma faixa central que se oculta (ou não) com auxílio dos botões (3 à frente e 3 atrás) e que a torna mais larga ou mais estreita;
  • a abertura é ajustada por uma fita com nó de gravata que passa por presilhas em toda a volta;
  • as alças têm 3 alturas possíveis, podem ser usadas dos dois lados, ficando os botões voltados para o exterior ou interior, ou pode ser utilizada com uma alça apenas. 

 

 

 

link do postPor ninices, às 17:08  comentar

25.5.12

O corte deste lenço é o mesmo do deste post mas o tecido é uma mistura de organza com seda, conferindo-lhe leveza e textura diferentes do anterior.

 

 

 

 

 

link do postPor ninices, às 19:00  comentar

Ainda na onda dos posts anteriores (e descansem porque mais se seguirão) aqui fica um (entre muitos) modo de utilização deste fantástico lenço em seda com um padrão arrojado e que não vai com certeza passar despercebido neste Verão.

 

 

 

link do postPor ninices, às 16:20  comentar

15.5.12

Desta vez decidi focar a minha atenção nos lenços de pescoço e de cabeça (os de assoar estão excluídos). A partir de hoje (e durante os próximos dias) apresentarei as novas colecções de lenços para a estação quente: "Vento em Popa" para os lenço de cabeça e "Está no Papo" para os de pescoço.

Neste post apresento um modelo com dois tecidos em malha de seda - um estampado e outro liso - que dá para usar de variadíssimas formas.

 

 

 

 

 

 

 


26.4.12

Tal como prometi, aqui está a sacola que desenhei e concebi especialmente para a Feira de Artesanato.

O seu formato assimétrico, os ilhós gigantes, os mosquetões e a versatilidade da alça - mais comprida (foto da esquerda) ou mais curta (foto da direita) - conferem-lhe um design jovem, descontraído e original.

A partir deste modelo é possível trabalhar imensos pormenores e personalizar a peça, nomeadamente largura da base, fixação dos ilhos de forma a tornar o saco reversível, bolsos no exterior/interior e na alça, jogo de padrões e cores dos tecidos assim como com outros tipos de tecido (ganga, pele, bombazine, etc).

Querem ver outros padrões...? Venham ao facebook do Ninices, cliquem em "Gosto" e vejam outras informações referentes a este artigo.

 


20.4.12

Estas sacolas foram feitas a pensar na necessidade das meninas transportarem as suas bonecas, os seus livros ou outros materiais essenciais às suas brincadeiras. O modelo, apesar de muito simples, foi inspirado num saquinho que a Pilar - uma menina de 4 anos - deixou cá em casa.

A sacola é forrada, mede aproximadamente 23 cm de altura e 20 de largura, pode ser usada dos dois lados e estará disponível na Feira de Artesanato organizada pelo Vivactivo Health Club no âmbito do Mês do Coração.

 

 

(para mais informações consultem a página do facebook em https://www.facebook.com/ninices)

link do postPor ninices, às 22:56  comentar

7.3.12

O bicho verde já tem um novo amigo. Ele é tímido, gosta de ler e observar o gato preto da vizinha da frente que destemidamente se empoleira na barra metálica do estendal da roupa.

O problema é que este amigo ainda não tem nome, por isso decidi que vou deixar isso ao critério dos amigos do Ninices.

Para isso, lanço um desafio: aquele que sugerir o nome mais engraçado será a/o madrinha/padrinho da nova criação do Ninices e, para além de ver o seu nome escolhido, terá um desconto de 10% na próxima encomenda (*).

Quem quer começar?

 

 

 

(*) - a encomenda deverá ser igual ou superior a 10 nin€uros, não inclui portes de envio e deverá ser feita num prazo máximo de 2 semanas após a escolha do nome.

 

 


6.3.12

 

 

Aqui fica a minha última criação: a carteira cadeado. Inspirada nos "cadeados dos namorados" colocados em pontes de ferro, a carteira é feita em feltro e algodão com um chave romântica aplicada sobre uma pequena bolsa (por exemplo, para telemóvel).

 

As opiniões dividiram-se quanto à cor da chave (não deveria destoar tanto), mas a minha intuição diz-me que, às vezes, a incoerência fica mais original.

Qual é a vossa opinião?

 

 

 

link do postPor ninices, às 16:04  comentar

7.2.12

 

 

Com o Dia de S. Valentim à porta tratei de criar uns corações com duas funcionalidades: porta-chaves e saco de alfazema. Portanto, meninas, toca de adquirir já o teu Coração de Alfazema!

Em breve haverá novidades para um público masculino. Estejam atentos!

 

 


25.1.12

Depois do DinoQuico dediquei-me ao ET-Lado em versão papajama. Mede aproximadamente 50 X 30 cm e tem uma abertura lateral (ver 2ª foto) para colocar o pijama. A partir de agora, pequenada, já têm mais uma forma engraçada de arrumar o vosso pijama.

Aqui na versão para menino e em baixo para menina.

Nesta última foto, ET-Lados e ETrêsOlhos, papajamas e porta-chaves coabitando pacificamente, lado a lado.

 


13.1.12

Sabem aqueles sacos de pano que são oferecidos numa altura específica - feiras, livrarias, visita de estudo, exposições - e que, na altura, até são muito giros e nós até nos sentimos especiais porque nem todos têm? [Aposto que têm um para aí completamente desaproveitado]

Aquando da inauguração desta loja-de-livros-CD's-DVD's-etc-que-começa-por-F-termina-em-C-e-tem-as-letras-N-e-A-pelo-meio deram este saco na compra de um livro e, na altura, insisti para ser eu a levá-lo enquanto dava uma voltinha pelo shopping. Mas agora vejo que é p'ró feio apesar do tamanho do saco ser jeitoso.

 

"Então o que é que falta...?", pensei eu.

"Acho que isto só vai lá com uma... EXTREME MAKOVER!"

E foi isso que fiz. Mais uma vez, arregacei as mangas, pus o meu chapéu pensador e abri as janelas para o ar fresco me refrescar as ideias!

[Assim até dava uma cena para um filme, mas a verdade é que estava um frio de rachar e tive que calçar mais um par de meias e enrolar o xaile à volta do pescoço]

Escolhi os tecidos, conjuguei as fitas gregas/sianinhas/espiguilhas e até fiz um forro, tornando o saco reversível e foi assim que ficou:

Esta é a parte que tapou o logotipo da loja e onde "chapei" um bolso.

E este é o lado do forro que também se pode tornar o exterior do saco.

Para além disto, acrescentei ainda reforços reversíveis para as alças e ornamentei com um coração de veludo (que fiz há uns anos atrás).

Então, gostam...? Querem um também...? Então toca a mandar mailitos a referir as vossas preferências.

 


9.1.12

 

link do postPor ninices, às 10:32  comentar

29.12.11

O impacto dos papajamas junto do público foi tão grande que este já foi feito por medida. Já pensaste como queres o teu?

 


28.12.11

 

Este é um DinoQuico bem maior que os outros (90 X 45 cm) que tem como função guardar o pijama da pequenada. Por isso, decidi chamar a esta versão "Papajama". As fotos dão as instruções para a utilização do DinoQuico Papajama, mostrando o quão prático e funcional é.

E tu, já tens o teu?

 

link do postPor ninices, às 10:41  comentar

12.12.11

Com este placard maravilha - criação original do Ninices - acabaram-se os folhetos, talões de desconto e listas de compras coladas na parede com fita cola. Espero que fique bem na parede da cozinha!

 


30.11.11

Com o Natal à porta decidi que o Ninices também deveria ter a sua versão do presépio. Como todos sabemos de onde vêm os bebés (o Menino Jesus não terá sido excepção (?) e, com certeza, não foi "cuspido" pela manjedoura) e porque a maternidade é um período importante na vida de uma mulher, para quê esconder a barriga da Maria? Assim, achei que seria apropriado colocar uma foto do antes e do depois do nascimento. 

Para além do pormenor da barriga, coloquei um sorriso na família inteira, tal como acontece nos presépios peruanos em que todos se estão a rir: a Maria, o José, o Jesus, a vaca, o burro e o lama! Aqui apresento uma versão mais curta, podendo-se acrescentar um dinoquico com orelhas de burro e outro com orelhas e cifres de vaca.

 

Feliz Natal!

 

 

 

 


O Xikitu.

As outras três minhocas Artur.

Os amigos resingões do Risco & Risca.

 

 

link do postPor ninices, às 11:14  comentar

18.11.11

  

Aqui vos deixo mais dois modelos de árvores de Natal: o 1º é feito em lã de arraiolos e mede 33 cm de altura; a árvore preta e branca foi enfeitada com motivos roxos, dando-lhe um ar mais contemporâneo, e tem 23 cm de altura.

 

link do postPor ninices, às 14:00  comentar


 

     

   

 

Grupos do Google
SEJA O PRIMEIRO A SABER
E-mail:
Visitar este grupo
comentários recentes
Olá Jana. A argola metálica do chaveiro entra na ...
Só não entendi como é que funciona o porta-chaves....
Obrigada Vanessa!Beijinhos e até 3ª! :D
Espetacular!Como sempre!
Obrigada pelo incentivo Rosa!Para a semana (sem fa...
Não tens de agradecer! Continua com as tuas ideias...
Sofia,De facto, quando idealizamos uma peça e depo...
Olá, estava a dar uma vista de olhos com mais calm...
Tu e o rosa... O Helder sabe disso...? hehehe!A pe...
Hello!Gosto.Sabes que eu e o rosa...A peruca vem i...